RECUPERAR SENHA

Como recuperar seu perfil do Orkut que foi roubado

 

FONTE: http://www.largadoemguarapari.com.br/

 

Problemas de segurança em redes sociais são mais comuns do que você pode imaginar. Não é raro ter o seu perfil falsificado ou, pior, ter a sua conta roubada. Mas os prejuízos podem ser imensuráveis quando alguém simplesmente toma conta do seu perfil e começa a se passar por você, interagindo com seus amigos pela sua própria conta. A equipe do Orkut sabe desse problema e criou um formulário específico para que você possa recuperar a sua conta. É bem simples, mas é necessário que você forneça sempre o máximo possível de informações.

Fonte: TechTudo

Passo 1. Acesse o suporte técnico específico para o caso de invasão de conta;

Passo 2. Se alterar a senha não tenha impedido a invasão, selecione a opção “Não”;

Passo 3. Preencha todos os campos obrigatórios que estão marcados com um asterisco;

Passo 4. Preencha os outros campos, fornecendo o máximo possível de informações e detalhadas. Dessa forma, ficará mais fácil para que a equipe do Orkut identifique e solucione a situação;

Passo 5. Clique em “Enviar”. Na sequência você receberá uma resposta automática por e-mail e aguardar a equipe do Orkut entrar em contato para devolver o perfil.

ESTRUTURAR FOZ

ESTRUTURAR FOZ PARA O SÉCULO XXI

 

POR: CHRISTIANO F. FERNANDES

 

Alguns políticos deveriam se envergonhar quando dizem estar trabalhando em favor do povo iguaçuense. Basta à gente sair pelas vias da cidade que logo notamos o quanto os cidadãos andam necessitando de atitudes coerentes por parte daqueles que perfazem o conjunto da administração pública, municipal, estadual e federal.

 

Foz do Iguaçu necessita urgentemente que as pessoas empossadas como autoridades, pensem pela cidade como um todo. Não apenas corporativamente ou no próprio umbigo. Pois corremos o risco de chegar à data final dos recebimentos dos royalties sem ao menos estruturar a cidade para a área do Turismo. Imaginemos então, quanto às outras áreas igualmente deficitárias.

 

As autoridades não podem esquecer que Foz do Iguaçu representa muito mais do que uma simples cidade do interior paranaense ou do Brasil. Por essa razão, acima de tudo, o quesito “liberdade” tem que sempre ser pensando antes de qualquer atitude, pois só existe liberdade quando houver soberania e esta, quando houver uma população com condições para sobreviver com dignidade.

 

Dignidade nas atuais circunstâncias representa mais postos de trabalhos. Fator que ainda não se apresenta satisfatoriamente em nosso Município. No meu entender, por erros políticos e administrativos.

 

Portanto, basta de políticos em qualquer situação, seja do legislativo ou executivo gastarem verbas públicas, sem que sejam responsabilizados pelos erros. Basta de custodiar entidades que não apresentam evolução para seus atendidos ou sequer projetam meios para se autosubsidiarem após algum período de apoio, onde durante anos permanecem usando verbas públicas sem apresentar evolução. Basta de tantos privilégios sem justificativas ou utilidade comprovadas. Basta de empreguismos em detrimento do povo menos favorecido.

 

Hoje, as necessidades públicas são outras e urge em Foz do Iguaçu, uma reforma urbana que é fundamental e tão necessária quanto uma reforma agrária nacional. A sociedade não aguenta pagar tantas taxas e impostos. Muito menos consegue suportar um governo superdimensionado quanto aos cargos públicos distribuídos através de cargos comissionados em troca de atender e satisfazer pessoas ou grupos.

 

A exemplo dos costumes do contrabando e o descaminho que proporcionalmente no passado acabou por superar as leis. Agora, parece que a impunidade criou um outro tipo de cultura. Desta vez, dentro das estruturas administrativas dos Poderes Legislativo e Executivo, onde os mais estruturados se sobrepõem ao menos estruturado juridicamente, fazendo de tudo para satisfazer seus pares.

 

Sempre compreendi que a função política tinha um papel eficaz na estruturação e transformação de uma sociedade para melhor e não para o pior como vejo acontecer no Município.

 

Já dizem os políticos mais experientes: “A desigualdade não se corrige com estagnação. Corrige-se distribuindo renda para ao mesmo tempo, a sociedade ir evoluindo e crescendo”.

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL , Sul , FOZ DO IGUACU , CHACARA IGUACU , Homem , Portuguese , Spanish , Política , Esportes
MSN -

 
Visitante número: